Análise da vegetação

Posted by on / 0 Comments

Análise da vegetação e mapeamento do vigor

Estes sensores, ao analisar a variabildade espacial – ou seja a variação do vigor da vegetação ao longo do terreno – permitem criar mapas onde é possível salientar áreas com diferenças quanto ao vigor. Estas diferenças podem ser causadas por uma deficiência de nutrientes, uma má drenagem do solo, pela existência de focos de pragas e doenças ou outros factores nocivos à plantação, seja ela agrícola ou florestal.

Deste modo, através do cálculo dos índices de vegetação – sendo o NDVI o mais usado – é possível dividir um terreno em unidades de gestão, ou seja em zonas que partilham características semelhantes quanto ao solo, à susceptibilidade de ataque de pragas ou outros. Esta organização permitirá assim aplicar correctivos localizadamente, ao invés da aplicação na totalidade do terreno.