O uso de drones em coberturas jornalísticas

Posted by on / 0 Comments

A indústria jornalística têm usado DRONE para conseguir informações mais precisas e exclusivas, direto da fonte do fato. Porém, essa tática ainda não foi regulamentada por padrões éticos e de conduta, deixando um questionamento profissional no ar. Esse debate é colocado no artigo “New perspectives from the sky: unmanned aerial vehicles and journalismo”, publicado recentemente na revista Digital Journalism .
Nos EUA, principalmente, drones muito menores têm sido usados ​​para capturar fotografias e imagens de vídeo sobre propriedades privadas sem a permissão dos seus proprietários. “O que a mídia pode fazer para potencialmente afastar a ameaça de processos é garantir que os drones são utilizados de maneira ética coerente com as práticas de notícias em vigor. Diretores, editores e associações profissionais podem estabelecer códigos de conduta para o uso de tais dispositivos da mesma forma que já fazem com o uso de câmeras escondidas e outras tecnologias”, afirmam Mark Tremayne e Andrew Clark, pesquisadores da Universidade do Texas, autores do artigo que oferece uma perspectiva sobre o controverso uso dos UVAs no chamado jornalismo drone, apontando casos de privacidade, invasão, questões legais, entre outros aspectos.

A questão da segurança da imprensa também é parte importante na defesa desses artifícios. Tanto em território de guerras, onde a presença da imprensa é claramente uma situação de risco, como no caso das manifestações atuais – como manifestações as recentes no Brasil e os diversos eventos do Occuppy – pode haver impedimento do trabalho dos repórteres. Nesses casos, os drones podem ser usados para obterem as informações necessárias para a apuração de um fato sem por em risco a integridade do profissional.
De acordo com os pesquisadores, o recorrente uso desses equipamentos na indústria jornalística se deve à praticidade e baixos custos; o zelo pela segurança do repórter, que não precisa se expor a situações de risco para obter seus fatos; além da transmissão (em vários casos) simultânea das informações colhidas. Porém os drones também têm suas limitações, como a dependência de redes Wi-Fi para a transmissão em streaming de seu conteúdo e as questões éticas que envolvem seu uso.